sábado, agosto 28, 2010


Big Mac para ajudar a GRAACC #mcdiafeliz

2
Galeraa, hoje mexendo no blog e vendo atualizações dos blogs que sigo achei um site muito legal (esse aqui), e teve uma postagem que me tocou muito, foi sobre o Big Mc para ajudar a GRAACC #mcdiafeliz (esse é o post) e achei muito importante essa iniciativa da dona e resolvi divulgar no meu blog também (se você quiser pode divulgar também o #mcdiafeliz)
Mc Dia Feliz no Brasil: como frisaram os responsáveis na conversa com a imprensa, crianças de todos os estados do Brasil são beneficiadas com os avanços tecnológicos e médicos nos hospitais (com a formação de uma rede de unidades capacitadas para atender os casos nas diversas regiões do Brasil), mas igualmente com a melhoria da qualidade de vida das famílias em tratamento. E, gostei de saber, há um empenho grande para a “reinclusão social” dos pacientes em remissão e já curados para que possam ter uma vida “normal”. Não é mesmo o que todos nós gostaríamos de oferecer para todas as crianças?
Então, vale ajudar hoje comendo 1 (só um mesmo) Big Mac!

Já pensaram como ficam as mães que sofrem com seus filhos em tratamento contra o câncer? Se não conseguimos nos colocar no lugar destas pessoas, pelo menos podemos ajudar, né?
Ao longo de 21 anos de realização da campanha, a renda obtida com o McDia Feliz contribuiu para o expressivo crescimento do índice de cura da doença no Brasil: de 15%, no final da década de 80, podendo chegar a 85% em alguns casos. Com os resultados obtidos desde o primeiro ano de sua realização, em 1988, a campanha já reverteu a mais R$ 100 milhões para mais de 100 instituições brasileiras, em mais de 20 estados. Os recursos têm viabilizado a implantação de unidades de internação, ambulatórios, e salas de quimioterapia, casas de apoio e unidades de transplante de medula óssea, entre outros projetos em benefício de crianças e adolescentes com câncer.
Objetivos da Campanha
  • Despertar a atenção de toda a sociedade e sensibilizá-la para a maior causa de morte por doença entre crianças de 5 a 19 anos
  • Captar recursos e concentrar esforços para a realização de projetos prioritários em nível local, regional e nacional
  • Contribuir para o aumento do índice de cura do câncer infanto-juvenil
via: A Vida Como a Vida Quer

2 comentários:

Muri Leite disse...

sério não sei porque mais odeio MC -'
Obrigada pela visita ao meu blog e volte sempre.
Beijinhyos :*

http://lamodde.blogspot.com

Lorena Garcia disse...

vou lá, pode deixar

Postar um comentário

Gostou do post? comenta!, sua opinião é muito importante para nós e não se esqueça de voltar pois nós sempre respondemos, alguma dúvida? nos mande um e-mail contatoggd@hotmail.com